Featured

8/top/custom

Aqui é maravilhoso

by julho 01, 2022

Texto de Wandy Luz

Você vai chegar lá.

Mas agora você está aqui.

E aqui, é maravilhoso.

Aqui é lugar de preparação. 

Aqui é o lugar mais importante da nossa jornada.

Aqui é onde plantamos hoje 

o que queremos colher amanhã.

Wandy Luz



Wandy Luz: 


Wandy Luz   Colunista e Apresentadora. Moro em Londres há 11 anos. Tenho muitos defeitos para ser perfeita, mas sou abençoada demais para ser ingrata. Muitos descobrem seu dom de escrever durante a vida, eu descobri a vida, enquanto escrevia. compartilho emoções, sensações e opiniões. Compartilho em cada vírgula, em cada ponto de exclamação, as batidas do meu coração, os suspiros da minha alma, e a alegria do meu espírito Sitewww.wandyluz.com.br  
                 

*Crédito da imagem de capa 

Foto de Lukáš Dlutko no Pexels

A arrogância é uma bactéria que adoece a alma

by julho 01, 2022

Texto de Wandy Luz

Seja humilde, estamos neste plano para aprender. A arrogância é uma bactéria que adoece a alma. Você não é melhor que ninguém e ninguém é melhor que você. Substitua o olho por olho pelo coração por coração. Melhore o argumento ao invés de aumentar o tom de voz.  Julgue menos e respite mais. Valorize quem te valoriza, seja bom, faça o bem, mas não seja bobo. Aprenda a se impor, aprenda a falar não, estabeleça limites, proteja seu espaço, cultive relacionamentos saudáveis e seja feliz, do seu jeito, no seu tempo, sem muitas explicações.

Wandy Luz 


Wandy Luz: 


Wandy Luz   Colunista e Apresentadora. Moro em Londres há 11 anos. Tenho muitos defeitos para ser perfeita, mas sou abençoada demais para ser ingrata. Muitos descobrem seu dom de escrever durante a vida, eu descobri a vida, enquanto escrevia. compartilho emoções, sensações e opiniões. Compartilho em cada vírgula, em cada ponto de exclamação, as batidas do meu coração, os suspiros da minha alma, e a alegria do meu espírito Sitewww.wandyluz.com.br  
                 


Vamos olhar com maturidade para o diabo

by junho 29, 2022



Texto de Victor Garcia Preto
 
Precisamos amadurecer nossos conceitos com relação a uma figura tão temida e tão explorada. O Diabo.
Há quem acredite que a visão mais madura possível é ter a concepção de que ele não existe. Discordo. Pelo menos, parcialmente.
É fato que em muitos momentos as pessoas culpam o diabo e qualquer elemento sobrenatural pelos seus próprios erros e frustrações. Mas é preciso separar cada aspecto. "O maior truque já realizado pelo diabo foi convencer o mundo de que ele não existe", atribuída a Charles Baudelaire (1821-1867), também é uma frase bem famosa.
Minha linha de raciocínio parte da perspectiva cristã, que ele existe. Ou pelo menos, existe o mal, a ausência do bem, que em nossa mente limitada, personificada em sua figura.


E a questão está simplesmente nesse ponto. O diabo não é assustador. Muito pelo contrário. Não estou afirmando que se trata de uma criatura legal, que deve ser menosprezado ou causar simpatia. Mas a ideia de uma criatura com aspectos humanoides e de animais, pelo vermelha, rabo, par de chifres e cheirando a enxofre é uma visão imatura do "inimigo". O diabo não tem a aparência de um vilão de uma animação infantil. Sua aparência é nobre, atraente e cativante. Ele não parece ser o que é. Causa muita confusão.


Pode ser difícil admitir, mas ele é belo. É gentil, suave e tem a fala doce. É praticamente alguém acima de qualquer suspeita. É o sorriso encantador, a música relaxante, o beijo saboroso. Manipula, e propaga seu discurso através de instrumentos manipulados. Sua perversidade está camuflada nas falas da menina virgem, do rapaz inocente, das pessoas aparentemente sensatas. Se apropria das dores humanas para distorcer suas causas e consequências. Manipula o discurso dos injustiçados ou dos que parecem ser. É a traição com um beijo. A declaração de guerra jogando rosas para o alto. A tragédia anunciada através de piadas. Veio para confundir. Por isso sua aparência - física e comportamental - é totalmente oposto de sua essência.


É obvio que em muitos momentos, líderes religiosos são instrumentos de sua perversidade. Mas muitas vezes aqueles que os combatem. Escritores, dramaturgos, cidadãos de bem. Todos já serviram de alguma forma aos planos dele, muitas vezes por inocência, em outros, por diversos motivos.


O diabo é o amigo descolado, que apresenta um mundo fantástico, porém, ilusório. Em sua companhia tudo é diversão, relaxamento e soluções para todos os problemas do mundo. É o mundo ideal, até o vício em drogas, as dívidas e a ausência de saúde se mostrarem consequência. Deus é a figura paternal. Muitas vezes quem "poda" nossas asas, nos impede de realizar determinados desejos, muitas vezes é "careta". Porém, é o que nos impede de fazer besteiras. Muitas vezes a figura de Deus pode aparentar ser retrógada e ultrapassada. Enquanto a figura diabólica como a vanguarda, a ruptura com o velho mundo imperfeito com a nova tendência, totalmente "cool", sem as amarras e injustiças de outrora. Uma pena que seja apenas a isca para iludir a humanidade.


Está nos pequenos fatos do dia-a-dia, nas pequenas curvas e vírgulas. Naqueles minúsculos erros que aparentam não causar problemas. Tem bons argumentos, que inicialmente parecem fazer sentido. É intolerante, mas prega o amor. Em seu discurso se preocupa com as causas sociais, mesmo estando olhando sempre para o próprio umbigo. Nunca revela suas intensões, sempre com voltas, com rodeios, com desentendimentos. Sabe muito bem os canais para propagar pequenos fragmentos de sua pervercidade.


Está nas teorias da conspiração e nas acusações de conspiração dos fatos reais. Se faz presente na incompatibilidade de gênios entre familiares. Se aproveita dos defeitos humanos. Principalmente a ingenuidade e a burrice. E nessa perspectiva é preciso ser muito maduro para entender, que em algum momento, todos nós nos deixamos ser manipulados pelo diabo.
No pequeno erro que pode prejudicar ou ajudar a prejudicar o dia de alguém. Na irritação exagerada na fila da padaria, a pequena confusão no trânsito. As ideias estúpidas, que mesmo que sem perceber, incomodam e prejudicam diretamente outras pessoas.


Um abutre que se aproveita de situações peculiares para causar inimizades e intrigas. Em conflitos que aparentemente são irrelevantes para seus planos. E por isso, geralmente não está atribuído a ele. Está nas macro e micros tiranias, daqueles que acreditam ser capazes de representar e/ou controlar um grupo, ou mesmo um único indivíduo. Nos lindos discursos, mas com ações que na prática não se justifica. No pai de família que se torna um leão para defender os seus, mas está errado. Nas histórias mascaradas de bravura, onde se escondem fatos importantes e transforma em puro a podridão.
Atitudes estúpidas, com justificativas nobres. No justiceiro, que se apropria do sofrimento alheio como seu discurso, mesmo com pilares distorcidos da informação.
Está no processo de descredibilizar pessoas que fazem seu trabalho de formiguinha contribuindo para o mundo melhor. Nos puxa-sacos, nos prepotentes, nos soberbos. Nos canalhas. Na distorção do passado, presente e até mesmo no futuro.


O diabo não é o inimigo oficial. É o que pouco aparece, porém, tem muito poder. Algumas vezes visto como um moderador, para equilibrar os "inimigos oficiais" e muitas vezes para corrigir supostas injustiças. E principalmente, nunca tem uma posição definida. Sempre se coloca acima das opções e escolhas.


O diabo é demagogo. O maior de todos. Bajula. Exagera nos elogios. Trata seus potenciais escravos a "pão de ló". Os escraviza pelo ego.


E vale ressaltar que durante muito tempo, o diabo viveu lado a lado com Deus. E com sua perspicácia, faz muitos pensarem que é Deus o traidor. Seu prato preferido é a ignorância.


Suas vestes são a hipocrisia. Seu perfume, a demagogia. Escova os dentes com a incoerência. Se banha com o fingimento.
É a cobra que não rasteja, e tão pouco precisa dar o bote para espalhar seu veneno.
Se uma de suas maiores artimanhas é fazer acreditar que não existe, usar de falsos perigos a serem combatidos como estratagema para causas impuras. É muito fácil cair em seu discurso, o difícil é combatê-lo.


O Diabo não deve ser usado como muleta para todas as nossas falhas, porém, deve obter a importância que merece. E não se deve subestimá-lo, ou tão pouco, enxergá-lo de maneira imatura.
]  

Sobre o Autor: 
Victor Garcia Preto   
Formado em Ciências Contábeis. 29 anos, Resido Ribeirão Preto.  Tenho um perfil de textos no Instagram: @textosinceros. Segue lá.

              

O CASAMENTO GAY está AMEAÇADO. Entenda porquê │ CANAL GAY NERD

by junho 28, 2022

Não, não é exagero. A revogação do direito ao aborto nos EUA abriu um caminho jurídico ESPECÍFICO para que o casamento gay também seja revogado. E isso pode reverberar no Brasil, porque nossa situação jurídica é bem parecida com a dos EUA. Vem que eu te explico. 

A união homoafetiva no Brasil ainda não foi solidificada em forma de lei. Ela é apenas um entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF). Portanto, um novo conjunto de Ministros, mais conservador, pode "entender" de outra maneira, e alterar essa decisão. Bolsonaro já indicou dois Ministros - e o próximo presidente vai indicar, no mínimo, mais dois.

Bora discutir um pouco mais esse assunto e parar de acreditar que aborto só interessa às feministas (ou tem a ver com "proteger a vida").  
---------
▶ INSCREVA-SE no canal! Me ajude a chegar a 70 MIL gays nerds nesse bate-papo! http://bit.ly/CanalGayNerd

---------
▶ Me encontre nas redes sociais!


Twitter: https://twitter.com/canalgaynerd

Caixa Postal: 71533   CEP: 05020-970
---------
▶ #casamento #aborto #direitoslgbt 
---------
▶ 📷: Pouria Afkhami / Pixoos
---------
▶ Animações criadas pelo canal SAVIO FERRAZ (www.youtube.com/c/savioferraz).
---------
▶ Tem alguma opinião sobre o vídeo de hoje? Ou uma sugestão legal de tema para o próximo? Deixe nos comentários!

Sigo caminhando apesar dos desafios.

by junho 19, 2022


Texto de Wandy Luz

Sigo trabalhando pela minha visão, sigo suspirando pelos meus sonhos, buscando ser o melhor que posso todos os dias, sigo tentando oferecer o meu melhor para todas as pessoas independentemente das circunstâncias. Sigo caminhando apesar dos desafios. Sigo vivendo, fazendo a minha parte e aprendendo também a me entregar.

Me entrego aos desígnios sábios e misteriosos do criador. Ele sempre soube o que fez. Ele sabe para onde devo ir, com quem devo me encontrar, o que preciso aprender, ele sabe melhor do que eu, quem eu devo e preciso ser. Por isso me entrego a fluxo sem medo. Existe paz, tranquilidade serenidade neste espaço de confiança e de entrega.

Wandy Luz


Wandy Luz: 

Wandy Luz   Colunista e Apresentadora. Moro em Londres há 11 anos. Tenho muitos defeitos para ser perfeita, mas sou abençoada demais para ser ingrata. Muitos descobrem seu dom de escrever durante a vida, eu descobri a vida, enquanto escrevia. compartilho emoções, sensações e opiniões. Compartilho em cada vírgula, em cada ponto de exclamação, as batidas do meu coração, os suspiros da minha alma, e a alegria do meu espírito Sitewww.wandyluz.com.br  
                 

Pensar assim me traz tanta gratidão

by junho 17, 2022

Texto de Leone Morningstar.

O ano era 2009, e eu estava no colégio quando a notícia se espalhou pelo mundo rapidamente. Vi pessoas que nem o seguiam, nem sabiam da sua história de vida, chorarem rios por ele. O número de vendas de seus produtos e álbuns dispararam numa proporção histórica jamais testemunhada. Não era, definitivamente, um nome qualquer. Era o nome mais conhecido do universo, como certa revista entitulou: Michael Jackson.

Eu costumo (sempre, na verdade), ficar na expectativa de “quando acontecer”, “quando vier”, “quando eu tiver”. Mas, quando enfim chega o tempo esperado, nada eu faço. Nada eu aproveito. Claro que eu jamais devo negar o que sinto, seja por que motivo for. Mas a verdade é que forma como eu e você enxergamos a vida geralmente não é nada favorável para com a forma como nós nos sentimos.

Contra essa atitude totalmente auto-depreciativa e ingrata, obtive uma saída eficaz: o reconhecer. Esta é uma dificuldade intrínseca do homem. Tudo o que ele está acostumado a ver se torna normal, e mesmo desprezível. Tal qual quando um famoso ou um membro da família morre e só então as pessoas os reconhecem. Estranho, não é? 

Madonna está viva, e estão provavelmente esperando a sua morte para validar sua relevância na cultura social e pop, certo? Exato. É isso o que vai acontecer. 

E você? Vai esperar seus pais partirem, também? Vai esperar que eu acidente aconteça para que você aproveite a perfeição do seu corpo? 

Assim, esperamos a velhice chegar; com suas rugas e traições contra nosso próprio corpo; para aproveitarmos mais a vida, a nossa pele, nossos membros e a nossa jovialidade. 

Ame-se mais. Aproveite mais. 

Reconhecer é ter aquele olhar de criança: sempre reconhecer a beleza deste milagre o qual todos estamos, por um período de tempo muito curto, experenciando: o viver

Mas nós não nos damos conta de que o tic-tac do relógio é constante e inevitável. O tempo passa sem darmo-nos conta.

Toda vez quando ficar com raiva de uma pessoa, principalmente daqueles mais próximos e que amamos, repense o valor e a importância que elas têm se elas partissem para sempre, e coloque na balança se esse valor não tem mais peso do que a raiva, a revolta ou drama que vocês estão passando. Infalivelmente tente fazer isso.

Experimentemos, agora, olhar para nossos rostos e reconhecer que daqui 60 ou 50 anos, independente da nossa “beleza”, tom de pele e da nossa “feiura”, estaremos chorando para voltarmos a tê-la da forma como ela é hoje. Assim como nossa postura. Assim como as nossas forças. Assim como a nossa juventude.

Quando eu reconheço, antes de eu desejar algo, que eu já tenho praticamente tudo; eu constato que não posso perder muito do meu tempo. Independentemente do meu humor ou do clima que não está favorável lá fora, independentemente da minha doença que tira meu ânimo físico e me dá cansaço, independentemente do mal estar que a vida ou alguém me imponha: eu não quero mais saber. Eu apenas quero… Usufruir. Todas as coisas que eu reconheço que são importantes. E são mesmo.

Pensar assim - e agir assim - me traz tanta gratidão. Me liberta de tanto perfeccionismo ao fazer algo de que tenho medo. 

Que Deus nos dê dê forças, emocionais e físicas, para aproveitar tudo isso que nós reconhecemos ser importante nesta vida.

  

Leone Morningstar:  

Leone Morningstar   
27 anos. Professor. Idealizador do blog Papicher. Leonino.  De tudo que tenho na minha vida; viajar, aprender e livros são minhas paixões! Mais do que isso, poder compartilhar tudo o que eu tenho aprendido até aqui. Também escrevo para o site O Segredo. Apaixonado pela vida., I make myself .
                



[Vídeo] - Lembra do Orkut fake ?! 🙊 Era um universo !!

by junho 17, 2022

Wandy Luz lança seu Livro "A metamorfose é irreversível": Livro de Wandy Luz

by junho 17, 2022

 

Em uma série de inspiradores textos breves, Wandy Luz nos convida para uma jornada em que nos redescobrimos e entendemos que, ao dar nosso melhor para a vida, para o mundo e para as pessoas, estamos plantando sementes no fértil terreno de potencialidades da vida.


Por meio de suas tocantes palavras, podemos nos identificar e aprender com nossa história a lidar com fatos do passado, entender o presente e planejar o futuro sem medo, usando nossas experiências como força motriz para alcançar o autoconhecimento de um novo florescer.


Com boas doses de sensibilidade, a autora nos mostra a importância de agradecermos pelo que passamos e sermos fortes o suficiente para correr atrás dos nossos sonhos, porque, cedo ou tarde, a colheita vem.


Para comprá-lo na Amazon, clique aqui.






A metamorfose é irreversível: Livro de Wandy Luz

by junho 17, 2022


Em uma série de inspiradores textos breves, Wandy Luz nos convida para uma jornada em que nos redescobrimos e entendemos que, ao dar nosso melhor para a vida, para o mundo e para as pessoas, estamos plantando sementes no fértil terreno de potencialidades da vida.

Por meio de suas tocantes palavras, podemos nos identificar e aprender com nossa história a lidar com fatos do passado, entender o presente e planejar o futuro sem medo, usando nossas experiências como força motriz para alcançar o autoconhecimento de um novo florescer.

Com boas doses de sensibilidade, a autora nos mostra a importância de agradecermos pelo que passamos e sermos fortes o suficiente para correr atrás dos nossos sonhos, porque, cedo ou tarde, a colheita vem.

Para comprá-lo na Amazon, clique aqui.




About me

Papicher 2014©. Tecnologia do Blogger.