Nenhum amor vindo de fora suprime o amor a si mesmo - (Leone da Costa)



Texto de Leone Da Costa

Imagine as coisas das quais você mais toma cuidado; imagine seu pet, ou sua camisa favorita; o seu jardim, o que for. Você os ama, os enfeita, os protege; enfim.


Você gostaria de vê-lo sofrendo, sendo danificado? Você não elogia e aprecia a beleza desse algo? E você já tentou imaginar tratando a si mesmo dessa forma?


Tudo o que o ser o humano mais procura na sua vida receber é isso; o amor , ser amado e benquisto. Porém, esperando que isso venha de fora; procura ser amado pelos outros. E se manipula para tal. Afinal, eu e você infelizmente acreditamos que nos percebemos a partir da forma como os outros nos tratam. 


Entretanto, a grande lição  é que no fundo buscamos na verdade amar a nós mesmos; só que equivocadamente achamos que só conseguiremos quando os outros nos amarem, quando os outros nos aceitarem


Mas, não é essa a lei da vida. Estamos aqui para enfim aprendermos que ninguém rejeita você sem que você se rejeite primeiro. E que nenhum amor vindo de fora suprime o amor a si mesmo.

Agora, a forma como aprender a nos amar, é outra conversa. Porque a vida sempre nos empurra para amadurecermos.


  

Sobre o autor:  

Leone Da Costa   
25 anos. Professor. Idealizador do blog Papicher. Leonino.  De tudo que tenho na minha vida; viajar, aprender e livros são minhas paixões! Mais do que isso, poder compartilhar tudo o que eu tenho aprendido até aqui. Também escrevo para o site O Segredo. Apaixonado pela vida., I make myself .
                


Nenhum comentário

About me

Papicher 2014©. Tecnologia do Blogger.