o Universo conspira a favor de quem não conspira contra ninguém - Walter Keppler



Sobre o Autor:  

Gestor Comercial aposentado. 62 anos. Salzburg, Áustria. Sou o que Sou e Sempre o Serei. Brasileiro, do Estado de São Paulo, e vivo atualmente na Áustria. Tenho 62 anos e já andei pelo Brasil inteiro e conheci pessoas, lugares e culturas das mais variadas. Quero andar pelo mundo porque onde tem gente, tem movimento, conflitos e soluções. E  por  isso  criei  meu  "slogan "  favorito que  me  acompanha  sempre: "Uma Razão A+ para Acreditar na Vida".   
Instagram: @umarazaoamais 
MeWe: https://mewe.com/i/kgwgeorg 
¹  ²         


Todo mundo conhece a história do Bom Samaritano como exemplo de misericórdia e atenção para com o próximo… 

 

Mesmo não conhecendo a vítima que sofria na beira da Estrada, o Samaritano a socorreu e prestou atendimento sem pedir nada em troca.

 

Essa vocação para fazer o bem sem olhar a quem, passou a ser um modelo de comportamento  para demonstrar o quanto é importante saber dividir o que temos em favor daqueles que tem menos ou que sofrem mais.


Você já parou para pensar nisso?


Você já dedicou parte do que você tem para ajudar alguémDividir o que temos não é só em relação a bens materiais. Essa atitude vai muito  além de um pedaço de pão ou de uma determinada quantia.



Dividir conhecimento também é uma forma produtiva de ajudar o próximo.


Quantas pessoas se negam a ensinar aos outros o que sabem sobre um determinado negócio ou uma estratégia para se dar bem na vida…(!)


Já vi muitos se tornarem egoístas a ponto de evitar uma amizade só para não ter que comentar sobre uma iniciativa que lhe trouxe algum benefício.

 

Na verdade, essa forma de agir nada mais é do que medo de perder espaço…


O egoísmo tem essa característica negativa: faz com que a pessoa se isole na sua limitada visão de mundo e enxerga somente a si mesmo como capacitado a exercer uma atividade ou uma função.


É uma atitude irrelevante do ponto de vista social, porque de que adianta a pessoa saber algo que irá guarda só para si a “sete chaves” até morrer?


A forma mais civilizada de convivência é aquela em que as pessoas sabem dividir conhecimento e com isso aprendem a partilhar ações em benefício da comunidade.


Compartilhar, Partilhar e Dividir são palavras de significado idêntico; ou seja, expressam o ato de repartir algo material ou pessoal.


Sêneca, advogado e escritor no Império Romano, viveu entre o ano 4 a.C e 65 d.C., dizia:

Não existe ninguém que quando ajuda outra pessoa não favoreça a si mesmo”.


Nos Estados Unidos, costuma-se contar a história de um agricultor que ficou famoso por compartilhar sua experiência e ajudar seus vizinhos a terem Sucesso nas colheitas.


Quando um Repórter entrevistou esse homem, ficou surpreso ao saber que ele doava parte de suas melhores sementes aos demais agricultores da região. (!)

E o  questionou perguntando:


Você não tem medo da concorrência? Seus vizinhos poderão ter colheitas iguais a sua e assim perderás dinheiro…


A resposta foi mais surpreendente ainda:


“O vento carrega o  pólen do milho maduro e o leva de campo para campo. Se meus vizinhos cultivam milho inferior, a polinização degradará continuamente a qualidade do meu milho. Se eu for cultivar milho bom, eu tenho que ajudar meus vizinhos a cultivarem milho bom.”

 

Você percebe a qualidade do compartilhamento utilizado por esse agricultor?


É impressionante como a Visão de Mundo faz as pessoas serem sábias e ao mesmo tempo prudentes e bem sucedidas!


Ao dividir suas sementes boas, ele não só permitia que seus vizinhos fossem bons produtores de grãos como preservava a sua própria colheita auxiliado pelos bons ventos que levam o pólen de um lugar a outro…


Esse é o espírito do compartilhamento bem planejado e bem feito: ao ajudar os outros o agricultor ajudava a si mesmo, preservando sua produção e impedindo que o pólen de sementes fracas prejudicasse sua lavoura…


Isso é Compartilhar!


Essa é a arte de doar sem pedir nada em troca, porque o Universo conspira a favor dos que assim procedem e lhes retribui de forma generosa e ampla, como prêmio pela nobreza de gesto e solidariedade. Não adianta nada guardar só para Você o conhecimento e a experiência de vida. Não lhe traz benefício algum esse modo de agir.


Aprenda a repartir com seu semelhante. Não peça nada em troca porque a resposta é automática: Você recebe sem pedir porque faz com o coração aberto e a mente limpa de ambição e ganância. Aprenda a dividir com as pessoas o que Você sabe. Não esconda a estratégia de sucesso que aprendeu a praticar e Você vai ver como isso é bom e saudável para a Sua Mente e Sua Alma.


"Seja gentil quando lhe pedirem ajuda. Seja honesto quando tiver que negar. Seja misericordioso se tiver que auxiliar um necessitado. Mas nunca negue o mais precioso dos dons: o Conhecimento!"


Não tenha medo da concorrência porque ela só existe na cabeça dos fracos, dos egoístas e pessimistas que acham que o mundo é só deles.


Ninguém é dono do mundo.

O mundo é para todos que saibam dele usufruir e fazer bom uso.


O Sol nasce para todos e a Lua ilumina os passos de quem precisa caminhar na escuridão.


Portanto, Compartilhar é um ato de genuína prática solidária e de grande valia para o enriquecimento moral e espiritual.


Estenda a Mão  para ajudar a levantar quem estiver necessitando de ajuda.

Não bloqueie sua Visão de Mundo porque o prejuízo será seu somente.

Espalhe Esperança Compartilhando Conhecimento e esta será para Você sempre

“Uma Razão A+ para Acreditar na Vida”.

 

Salzburg-AT, 27.6.20

Direitos da imagem de capa: Kevin Carden/123RF Imagens.

Nenhum comentário

About me

Papicher 2014©. Tecnologia do Blogger.