Sem celular - (Victor Garcia Preto)




Sobre o Autor: 
Victor Garcia Preto   
Formado em Ciências Contábeis. 29 anos, Resido Ribeirão Preto.  Tenho um perfil de textos no Instagram: @textosinceros. Segue lá.

             


Pensava - e ainda penso - em escrever uma crônica associando o uso de tecnologia a melhora, ou não, da vida humana e da sociedade.


Como interessante experiência, fiquei sem celular. Parece irônico, mas estava sem chão.

Dias sem celular parece nos deixar em outro mundo. Estava incomunicável, e o que mais me preocupou foram o contatos e anotações profissionais, que por sorte consegui recuperar. 


Quase toda a minha vida está associada ao celular, de alguma maneira. Não sou alguém que posta ou fica com frequência de redes sociais como Instagram, Face, 'Tinder' e outros, no entanto uso WhatsApp com grande frequência, no cotidiano para fins profissionais, mas também para uso social. 

Foi como se estivesse em outro planeta.

Uso o celular, inclusive como despertador. Tive que por dias pegar um relógio despertador para me acordar pela manhã. Olhei o objeto sobre meu criado e achei algo arcaico, como se fosse uma relíquia do passado, pensei em tirar uma foto, e só ai lembrei que estava sem celular. 

Passei a andar com uma folha de papel e uma caneta para anotar informações importantes.

Estamos presos a tecnologia. 






Sobre o Autor: 
Victor Garcia Preto   
Formado em Ciências Contábeis. 29 anos, Resido Ribeirão Preto.  Tenho um perfil de textos no Instagram: @textosinceros. Segue lá.

             


Direitos da imagem: 

undefined

Nenhum comentário

About me

Papicher 2014©. Tecnologia do Blogger.