É tempo de olhar para dentro e se assumir. É tempo de mudança.


Ocasionalmente, só conseguimos nos encontrar quando silenciamos. Silenciamos certos desejos, determinadas pessoas, alguns ambientes e finalmente propomos ter um encontro conosco mesmos. Sem pudor, sem cortinas.

Não é sobre isolamento, mas sobre solitude.

Há tantas coisas as quais inferir de dentro do nosso peito, do nosso coração. E ele quer muito nos proferir certos anseios. Anseios os quais momentaneamente não escutamos quando não silenciamos o barulho do lado de fora.

Na realidade, doamos tanto do nosso precioso tempo para para os outros, nos colocando em segundo plano, até quando chega o momento em que a alma nos chama para dentro, chama nossa atenção para nós mesmos.

E neste instante, é valioso nos perguntarmos: 
O que realmente queremos?
O você quer de verdade? Sem objetivar louros, os outros, ou status.
O que você quer de verdade? Do que você verdadeiramente precisa?

E o que eu sei de verdade é que a decisão a qual mais te oferecer bem-estar e paz, é decisão condizente com a sua essência e sua natureza, portanto o caminho a ser percorrido.De maneira inversa, aquela da qual emerge um revirar no estomago, não é o atalho a ser tomado.

Aprendi que devemos confiar na nossa natureza, então, confie na sua essência, e ouça o seu sentir. É tempo olhar para dentro e se assumir. É tempo de mudança.

A saída, é para dentro.



Sobre o Autor: 
Leone Da Costa   
25 anos. Professor. Idealizador do blog Papicher. Leonino.  De tudo que tenho na minha vida; viajar, aprender e livros são minhas paixões! Mais do que isso, poder compartilhar tudo o que eu tenho aprendido até aqui. Apaixonado pela vida., I make myself .

             


Nenhum comentário

About me

Papicher 2014©. Tecnologia do Blogger.