Eu e você. Como explicar tanto querer?


Eu e você.

Nós! E a maneira meio torta que o destino usou para podermos nos encontrar.
Você! E o seu sorriso, o seu abraço apertado seu jeitinho de menino.
Eu! Encantei-me por cada detalhe seu, eu te olhei e te quis, desejei que você fosse só meu.
Com você, o infinito fica pequeno, o meu mundo mais sereno e o meu coração, apesar de bater acelerado por você, finalmente, encontrou paz.


Eu e você. 

Como explicar tanto querer?
Como dizer-lhe que desde que eu o vi pela primeira vez eu suspiro, respiro e expiro amor.
Explicar? Ah, acho que não consigo.
Minha única certeza é de que é você, foi você e sempre vai ser.
Dessa vez, não foi sem querer, eu me entreguei, eu me rendi, a nós, à nossa loucura, a sua doçura, ao seu amor.
Quero para sempre a sinceridade dessa simplicidade que existe no seu jeito de me amar.
E por falar em amor, deixe-me amá-lo, deixe-me ficar, deixe-me ser sua.

Quando eu for, chama-me que eu volto, abraça-me, acalma-me e quando estiver tudo complicado, só me olhe e me ame! 





Sobre o Autor: 

Wandy Luz   Colunista e Apresentadora. Moro em Londres há 11 anos. Tenho muitos defeitos para ser perfeita, mas sou abençoada demais para ser ingrata. Sitewww.wandyluz.net 

              

Nenhum comentário

About me

Papicher 2014©. Tecnologia do Blogger.