Quantas Vezes Já Deixei Passar Por Medo, Covardia Ou Comodismo?




Quantas vezes já me perguntei por quê?
Quantas vezes passei horas tentando entender, procurando alguma coisa que servisse de resposta, mas que me convencesse.
Quantas vezes fiquei olhando e analisando, tentando quem sabe chegar a alguma conclusão ou a conclusão nenhuma.
Quanta saudade já senti, e quantas vezes imaginei como seria matar ela.
Quantas vezes eu quis muito, mas muito mesmo.
Quantas vezes cheguei a tentar e não obtive resultados, pelo menos não os que eu queria.
Quantas vezes sonhei e imaginei?
Quantas vezes meu coração bateu devagar e forte e senti aquele gelo na barriga?
Quantas vezes imaginei que passaria por tudo isso… eu queria?
Quantas…
Quantas… onde estão agora estas quantas vezes?
Apenas um devaneio de um louco que deitou para descansar e se pegou pensando em quantas vezes?
E assim o percurso segue e eu aqui pensando em quantas vezes, em se tivesse feito ou dito.



Sobre o Autor: 

Hugo Salum  Marketeiro e escritor. Aquariano de corpo e alma ,curioso, autêntico e sincero (até demais). Quando escrevo, não tenho rodeios: coloco logo o que penso, de maneira clara, precisa, direta e transparente, sem deixar de fora do papel algumas pimentas&polêmicas (porque quanto mais quente, melhor!). Procuro estar sempre aberto às mudanças, pois a vida é feita de transformações, aprendizado e amadurecimento. Amo café, coleciono canecas, sou pai de três filhos lindos e maravilhosos (#paicorujasimsenhor). Estou sempre sorrindo e festejando, afinal amo viver e por isso acho que cada dia a mais neste mundo já é motivo para celebrar! Este sou eu, o Salum. (www.hugosalum.com.br).
      

Comentários:

Nenhum comentário

About me

Papicher 2014©. Tecnologia do Blogger.