#NoMeuConsultorio - 8 - Quando Um Ex Aparece E Na Lata Diz Que Você Não Foi Esquecido


E há quem diga que eu não seja psicólogo vocês acreditam?
Pois é, nem eu.

Achei estranho quando vi o nome do paciente.
Por um segundo pensei: “Que não seja quem penso que é.”
Ele entra e com aquele brilho inconfundível nos olhos, me cumprimenta… senta-se, solta um leve sorriso e diz:

Eu não esqueci você, mentira, eu não te esqueci. E queria sim que você soubesse que nem um dia sequer”.

E quando o meu olhar cruza com o teu nas raras vezes que nos encontramos, é sim porque eu tô te olhando. Eu não te esqueci e eu não sou este outro alguém que andam dizendo por aí, que eu estou bem sozinho, que eu não quero ninguém.
Só pra você saber.
Eu não esqueci você nem por um minuto.
Eu não fiz mais planos.

Quero te ligar de madrugada e não vou dizer que é engano, mas não tenho coragem.
Eu não esqueci e me pergunto: Cadê você por aqui?
Só não sei porque você não quis. Talvez por eu ter dito que agora era nunca, mas eu… eu não esqueci você.
Parece letra de música. E é, acho eu.

Este é o dilema do meu paciente e, sinceramente, este é o tipo de atitude que eu não entendo. Como se pode gostar de alguém e… não fazer nada, apenas ver e deixar o tempo passar?

Se um dia você disse que eu era o homem que você queria pra você, você já me teve, já fomos e voltamos, já prometemos e não cumprimos, segui a minha vida e você ficou… cuidando-me. Sabia de tudo, de datas, horários e locais e não fez nada até que… de novo a vida cruzou nossos caminhos e que merda fizemos? Separamos-nos, mas parece que nossas famílias e amigos não.

Pode-se amar alguém a distância? Amar apenas com os olhos e o coração? Sem tocar, sem sentir o beijo, o cheiro, a pele, o corpo?

Penso que o amor é tão amplo que às vezes julgo que pra ele… vale tudo. Não nego que sempre disse que para mim ex não existia… existe sim, para mim e para todo mundo que quer ser feliz. E aquela história que se ex fosse bom seria atual ...  papo de covardes que não assumem que às vezes a distância nos faz amadurecer e a solidão a enxergar coisas que estavam na nossa cara, mas… a gente não via.

Ex já foram atuais e podem se tornar de novo, porque não? Penso que o problema na sua declaração, que confesso, me pegou de surpresa, é ainda nutrir isso tudo, sentir isso tudo e não fazer nada.

Não estou pronto para uma resposta, então, o que vou lhe dizer não é uma pergunta: “Penso muito em você.”

Disse isso e saiu porta afora.
Continuei sentado, não sei se pela surpresa, se porque não tive ação ou se por simplesmente não saber o que fazer com um sentimento que fica guardado no coração e você sabe que:
1-Ele pode te fazer feliz.
2-Ele pode te fazer sangrar.

O amor é livre para ir e vir, para acertar e errar, para tentar e tentar e se não der, mas os dois quiserem tentar e tentar de novo e quantas vezes esses dois corações pensarem que agora pode dar certo… TENTEM, sem medo, sem se preocupar com o que os outros vão dizer, a sua felicidade só você pode viver.

Não espere mais sei lá quantos anos. Em anos você já comemorou bodas de papel como aquele bilhete que deixou na cama dizendo que me amava, já comemorou bodas de algodão e fez aquela camiseta imensa para a gente vestir os dois juntos e dormir de conchinha e estará comemorando bodas de couro com aquele arreio que só você sabe usar e me esperar.
Não deixe o tempo passar e fique olhando, esperando.

Viu, e dizem ainda por aí que eu não sou psicólogo!



Sobre o Autor: 

Hugo Salum  Marketeiro e escritor. Aquariano de corpo e alma ,curioso, autêntico e sincero (até demais). Quando escrevo, não tenho rodeios: coloco logo o que penso, de maneira clara, precisa, direta e transparente, sem deixar de fora do papel algumas pimentas&polêmicas (porque quanto mais quente, melhor!). Procuro estar sempre aberto às mudanças, pois a vida é feita de transformações, aprendizado e amadurecimento. Amo café, coleciono canecas, sou pai de três filhos lindos e maravilhosos (#paicorujasimsenhor). Estou sempre sorrindo e festejando, afinal amo viver e por isso acho que cada dia a mais neste mundo já é motivo para celebrar! Este sou eu, o Salum. (www.hugosalum.com.br).
      

Comentários:

Nenhum comentário

About me

Papicher 2014©. Tecnologia do Blogger.