#NoMeuConsultorio - 6 - Quando Você Se Sente Alivado É Sinal Do Coração De Que Fez e Disse O Que Sente, Sem Medo De Se Expor, Apenas... Vivendo


E há quem diga que eu não seja psicólogo vocês acreditam?
Pois é, nem eu.
________

        Salum, o que pensar quando acontece algo ruim, chato, que nos deixa magoado num relacionamento, mas que, mesmo depois de tentar resolver e ver que, como sempre, não vai chegar a nada, você se sente aliviado?

        É assim que ELE me indaga.

        Bom, você se sente aliviado ou ali viado?

        Sim, pois acredito que até exista uma correlação.

        Mas vamos lá.

        Sempre que acontece algo chato, triste ou que acontece uma mágoa, seja ela qual for, o diálogo, entre pessoas de bom-senso, ainda é o melhor remédio, desde que ambas vão desarmadas de orgulho, de receios e medos de admitir, pedir desculpa, voltar ou até refazer algo.

        A cada dia que passa percebo que as pessoas estão dando menos valor ao que se tem. Sempre me assustei com os casos de pessoas que precisam perder para dar valor. Nunca entendi isso, afinal, procuro valorizar o máximo a pessoa que tenho ao meu lado para que ela se sinta segura, amada e queira ficar comigo.


        Mas infelizmente não são todos assim. Alguns fazem até pouco caso do que recebem, do que tem, de carinho, atenção, cuidado, zelo, companhia. Chego a pensar que segurança demais deixa as pessoas assim, mas, por mais que tente, não sei fazer o jogo do gelo, de não fazer questão, de fingir que não estou nem aí, não sei viver pela metade. Ou é tudo, ou é tudo, porque quando canso… é nada. E como diria minha amiga Bia: Se não sabe brincar não desce pro play.

        Se relacionar não é fácil e as pessoas precisam estar DISPOSTAS a isso senão, nunca vai dar certo.

        Se você se sentiu aliviado é porque seu coração tem a certeza de que fez tudo, de que disse o que era preciso, que reclamou o que julga que foi falho, que demonstrou suas intenções e sentimentos, mas nem sempre quem ouve entende, pensa que pode ser um jogo, tempestade em copo d’agua ou, sei lá, até POSSE. Talvez se estas pessoas sofressem solidão entenderiam mais, e não desejo isso a ninguém, mas quem esta por aí sem NADA daria tudo para se ter alguém assim… PEGAJOSO, COM MANIA DE POSSE, QUE FIZESSE UMA TEMPESTADE POR QUERER VOCÊ PERTO, e quem tem… quase sempre não valoriza.



        Agora, se você se sentiu Ali Viado, aí abre o olho, porque você anda com as antenas enferrujadas, mas parece que elas começaram a acordar e captar alguma sintonia, rsrsrsrsrsrs…

        Se sentir aliviado depois de uma discussão ou desentendimento é bom, afinal, nós no nosso eu sabemos quando estamos com a razão e quando não estamos, sabemos quando estamos nos fazendo de vítima ou realmente estamos magoados e tristes, mas expor tudo isso de uma forma clara sem rodeios e medo de estar se expondo é ainda a melhor coisa, pois se um dia nada disso render frutos ou der certo você vai sair com a certeza de que fez tudo, que foi sincero, que não teve medo, que quis e tentou de tudo, mas, infelizmente para um relacionamento dar certo as duas partes precisam querer. Se isso acabar, saia de cabeça erguida e não olhe pra trás, pois fez tudo e o que passou não pode mais tomar seu tempo, gaste ele agora com o que vem pela frente.

        O passado só serve para recordar de coisas BOAS e não repetir os mesmos erros, quem tem arrependimentos nele… que pena, foi covarde, orgulhoso, indiferente com os momentos que a vida lhe proporcionou e não soube aproveitar.

        Ele encheu os olhos d’agua, correu uma lágrima e disse entre soluços: Fiz a coisa certa, luto pelo que quero e por mais doloroso que tem sido vou lutar ainda até não ter mais forças, para lá na frente como você mesmo disse não precisar olhar para trás e me arrepender de NÃO TER VIVIDO e desfrutado dos bons sentimentos que quiseram me dar.



        Vá dormir, aliviado e com esta certeza de que fez o que era possível.

        Assim estou… aliviado.

Viu, e dizem ainda por aí que eu não sou psicólogo!

__________


Leia também: 


Sou Eu O Teu… Tormento




Sobre o Autor: 

Hugo Salum  Marketeiro e escritor. Aquariano de corpo e alma ,curioso, autêntico e sincero (até demais). Quando escrevo, não tenho rodeios: coloco logo o que penso, de maneira clara, precisa, direta e transparente, sem deixar de fora do papel algumas pimentas&polêmicas (porque quanto mais quente, melhor!). Procuro estar sempre aberto às mudanças, pois a vida é feita de transformações, aprendizado e amadurecimento. Amo café, coleciono canecas, sou pai de três filhos lindos e maravilhosos (#paicorujasimsenhor). Estou sempre sorrindo e festejando, afinal amo viver e por isso acho que cada dia a mais neste mundo já é motivo para celebrar! Este sou eu, o Salum. (www.hugosalum.com.br).
      

Comentários:

Nenhum comentário

About me

Papicher 2014©. Tecnologia do Blogger.