Século da Artificialidade - Beleza


Aposto que daqui com mais algumas décadas a maior parte das pessoas terão a feição da famosa cidadã ucraniana da foto a seguir, Valeria, a Barbie Humana; uma moça que se tornou conhecida em todo o mundo por sua aparência extremamente exagerada do padrão humano aliada a técnicas de maquiagem, que de certa forma chocou e agradaram a muitos, parecendo idêntica à uma boneca de verdade. A ilusão encanta e convence a muitos, fazendo com que a busca por esta ilusão se desvie do controle. Esse é o perfil das pessoas do século XXI.
O século XXI já iniciou bombando o culta a beleza, coisa que não é novidade a muito tempo, e é mais do que comum vermos pessoas gastando o seu tempo útil para manter a crista lá no alto, passando horas e horas na academia e na frente do espelho. A busca pela beleza é uma corrida intensa na qual o indivíduo fica frustrado, trazendo, consequentemente, muito atraso para sua vida e para sua qualidade de vida. 
Se você não tem o corpo perfeito, ou aqueles olhos olhos maravilhosos da Megan Fox, ou o cabelo impecável ou a pele regular e lisa; o dinheiro compra tudinho para você. Maquiagem, chapinha, peruca, batom, botox, cirurgias: hoje temos de tudo! As pessoas buscam a beleza, mesmo que ela seja uma ilusão, como se cada um comprasse a aparência que quer vestir para tal dia, tal ocasião. 
Em busca disso encontramos cada coisa... que enfim, abafa. A artificialidade da beleza é tamanha que chega a ser engraçado. Uma mulher cheia de maquiagem num desfile, é completamente diferente sem todo aquele reboco sobre o rosto. Quanto ao corpo, o mesmo conceito vale: temos cirurgias plásticas, sutiãs com bojo, calça de preenchimento, cílios postiços, enfim, tudo (risos). As pessoas buscam a beleza em coisas que não as pertecem, coisas compradas.
Toda essa concepção pregada é reforçada ainda mais pela mídia, que expõe um mundo de ilusão confeccionado por programas de edição e por expert em maquiagem. Tanto é que as famosas fazem um esforço tamanho para manter o padrão de beleza, qua muitas vezes fogem da realidade por completo.
  • Cirurgias Plásticas
Esses dias, perambulando pelo Facebook, me deparei com o seguinte vídeo referente a esse assunto:

video

Uma animação que eu achei muito legal e que ilustra o real processo das cirurgias plásticas, e que no final, joga o que muitos pagam para viverem satisfeitos com a falsa aparência. Aumento de seios, cirurgia de nariz, lipossucção, botox, mexe aqui, mexe ali; não precisa ir muito longe para encontrar pessoas que gostariam de fazer alguma cirurgia desses tipos. Existem pessoas, inclusive, que se submetem a qualquer coisa para obter o que deseja, que por falta de dinheiro, caem nas mão de pessoas que não são devidamente qualificadas visando uma cirurgia acessível a sua condição financeira, se submetem a tratamento caseiros, como foi o caso da ex-modelo coreana Asa Mioko, onde, por ser recusada pelo médicos a fazer novas cirurgias, injetou óleo de cozinha em seu rosto provocando uma tremenda deformação. 
São pessoas que colocam a sua vida em risco para agradar os olhos dos outros e seus próprio olhos. O número de cirurgias fracassadas sobe constantemente por estes motivos e outros.
As cirurgias plásticas são encaradas de maneira natural por todos devido ao fato do tanto que se ouve falar em tais cirurgias e na beleza. Mas isso é realmente uma coisa que deve ser vista como normal?  Não deveria.

  • Maquiagem
Interessante a famosa youtuber Kéfera ter postado uma vez em sua pagina do Facebook um vídeo no qual ela está sendo maquiada e ela cai em pranto pensando no desejo de querer realmente ser o que é quando maquiada. 
O perfeccionismo se aglomera nas mãos ao confeccionar essa máscara. A maquiagem existe desde  a muitos milênios atrás, sendo sustentada na sociedade contemporânea em todos os cantos que se vá. Sair de casa sem maquiagem é difícil para muitas pessoas. Podemos considerar a maquiagem como algo mais "light" no sentido de periculosidade. Realmente, mas os danos psicológicos, muitas vezes, tem o mesmo nível prejudicial à saudade quando as demais áreas da beleza artificial, visto que é uma ilusão que o leva a uma grande realidade.
As mulheres entendem o que prazer que a maquiagem pode provocar. Quando usada, a maquiagem faz um BUM no rosto, fazendo se sentir super bem, porém é ruim não se sentir bem em como realmente é. Então a dependência provocada por ela pode ser um perigo para alguns.
Além disso, com certeza a maquiagem é indispensável no contexto atual. Isso devido a sua visão já concretizada entre a gente. E convenhamos que é bonito e ajuda e tanto, né? Sair nas baladas não é a mesma coisa quando se usa maquiagem, ou procurar um emprego, por exemplo. Lançar mão da maquiagem é essencial. Como eu prefiro me referir, a maquiagem apenas realça a beleza humana

  • Academia
A sociedade vive atrás da sua orelha sussurrando a te obrigar ser bonito, sexy e atraente. Fazer academia é fundamental para nosso corpo, mas será que para a mente está sendo? é necessário aliar o útil ao agradável. Ir malhar com objetivo de ficar bombado e atraente só gera frustrações para si, além de perder muito tempo, mas de qualquer maneira sempre terá seu lado positivo para a saúde. Um dos principais problemas sobre isso é a falta de paciência para atingir seus objetivos no treino, muito querem ficar "bombadinhos" rápido demais, e logo vem na cabeça os anabolizantes, que entram com frequência nas academias.
O uso de anabolizantes trazem benefícios a curto prazo, e pode trazer problemas de saúde sérios para quem utiliza deles, ou até mesmo a morte.
Portanto, o problema não é pensar na estética ou buscar um corpo bonito, o problema é como atingi-los e em quanto tempo. Lembre-se, quando se fala em saúde, a pressa e o exagero são inimigos da perfeição, aliás... Nem sei se existe perfeição. - Fabio Aires


Cada um tem o direito de fazer o que quiser com seu corpo, mas as consequências são muito preocupantes e a influencia transmitidas também pode ser um perigo. Então, a conscientização acerca da vaidade é fundamental para uma vida saudável e que seja real, não uma ilusão.Corrigir um defeitinho, nada contra, mas a dependência e frustração acerca da beleza é ... nada haver.

Nenhum comentário

About me

Papicher 2014©. Tecnologia do Blogger.