Featured

8/Ele é/custom

Hoje não importa o quanto você já chorou

by novembro 10, 2018

É tempo de estar Alegre, não importa o quão decepcionado estiver, o quanto tem chorado hoje, o quão fraco esteja. É hora de levantar o rosto para frente e se permitir estar alegre. Porque a gente merece. Porque nada nos pertence. É hora de apenas estar, ao menos 5 minutinhos, Alegre. Sim, ser Alegre apesar de tudo. Ser alegre por gratidão. Ser Alegre pelo caminho que ainda tem a ser percorrido, pois ainda não acaba por aqui. Muitas possibilidades virão, e a eventualidade irá te surpreender, pois nenhuma desgraça, decepção, o que for,  dura para sempre. 

É tempo de aceitar e apenas ser Alegre. É tempo de, pelo menos numa única vez, não resistir e deixar ir,  de aceitar. É tempo de sorrir e Ser Alegre.


Hoje, não importa o quanto você chorou. Cada lágrima te fortalece. Cada gota valerá e não será em vão.





Sobre o Autor: 
Leone Brave   
24 anos. Professor. Idealizador do blog Papicher. Leonino.  De tudo que tenho na minha vida; música, aprender e livros são minhas paixões! Mais do que isso, poder compartilhar tudo o que eu tenho aprendido até aqui. Apaixonado pela vida., I make myself .

             


Simplesmente soltei, deixei as coisas seguirem seu fluxo natural

by novembro 06, 2018

Durante muito tempo ... Tentei ser tudo o que sou, mas achei que talvez fosse exagero. 
Tentei ser só o que eu sou, mas achei que talvez não fosse suficiente. Passei a vida me equilibrando entre meus extremos. Me perdendo entre muitos porquês, sempre buscando um (o)sentido. A minha pressa quase me atrasou, mas não me demorei nesses dilemas e simplesmente soltei, deixei as coisas seguirem seu fluxo natural. Desisti de tentar entender tudo, de tentar controlar tudo, cansei de tentar desesperadamente ser quem eles queriam (ou esperavam) que eu fosse. Desisti da ideia (absurda) de ser perfeita, e finalmente percebi que posso simplesmente ser : A menina, a mulher, o ser humano. 

Constatei que era loucura, essa idéia fixa de tentar projetar esse corpo físico para ser o mais bonito e perfeito, quando minha alma vive em chamas, chamas que aquecem meu coração e fazem ele bater de um jeito tão bonito. Chamas que inundam meu ser, e me enchem de luz. Uma luz branda, e ao mesmo tempo forte, que me alimenta, me conforta, e me faz ser suficiente, não para os outros, mas para mim. E sinceramente, o que os outros pensam, não me define, então deixo que falem e pensem o que quiserem, hoje, eu sei quem sou, e nenhuma opinião equivocada, me afeta. Tirei a maquiagem, desci do salto, deixei a lágrima rolar, deixei todas as lágrimas caírem. E nos momentos mais tristes e de desespero, fiz questão de me olhar nos olhos, e dizer: ‘Hey menina, é só um dia ruim, não é uma vida ruim”.

Fui lagarta e passei um tempo presa em meu casulo, me questionando e questionando a vida, até decidir que era hora de me libertar. Foi então que decretei minha metamorfose, senti a delicia de descobrir que agora tenho asas, me tornei borboleta, e sigo voando, cada dia mais alto, inspirando o ar puro da vida, e me deliciando com o perfume das flores. O destino final ainda é desconhecido, mas a jornada, tem sido linda, e cheia de aprendizado🌻 Se desprenda das dores do passado, não permita que a ansiedade sobre o futuro te impeça de ver a beleza do hoje ! Não é sobre o destino, é sobre a jornada, então viva 🦋 #wandyluz #luz #journey




Sobre o Autor: 

Wandy Luz   Colunista e Apresentadora. Moro em Londres há 11 anos. Tenho muitos defeitos para ser perfeita, mas sou abençoada demais para ser ingrata. Sitewww.wandyluz.net 

              


Comentários:



Quando Deus te diz Não...

by outubro 31, 2018

Receber um não dói. Machuca.
A gente digere ele com muita dificuldade.
É difícil. Nesses momentos é muito difícil sentir gratidão e pensar que a vida é maravilhosa. É muito difícil.
Você tenta o seu mais duro para tentar entender o que aconteceu, mas o que emerge como resposta é um desapontamento, assim, indescritível com relação a Ele, com relação à vida e, então; você cai em negação.

Mas é aí que está o desafio: você vai deixar o seu coração (que é fonte de poder) condensar desespero, ficar com medo, angustiado, desesperado? Ou você ainda continuará firme tendo a confiança de que Deus sempre sabe o que faz, mesmo que "por linhas tortas"? Será que agora não está sendo abalada a sua fé, a sua confiança em Deus?

Será?

Quando você efetivamente confia em Deus, você entende os não's que por ventura recebe da vida e, mesmo com desapontamento,  ainda assim sente, lá no coração, que Ele ainda está contigo. E isso é ter fé em Deus. 

Simplesmente não há porquê duvidar quando se tem

Ou não seria isso uma resposta dizendo que você precisava ter se preparado melhor e ter feito mais a sua parte, ter desenvolvido melhor o parcela da responsabilidade que cabia a você? 
Você fez a sua parte? Porque se fizer tudo certinho não tem como dar errado. 

Ou, então, será que você estava realmente preparado? 
Será que você estava preparado, de fato?

Entender os não's da vida é muito confuso, mas é muito válido parar por um minuto para meditar em cima disso e enxergar o seu significado velado.

O que não podemos esquecer de levar em consideração é que as frustrações nos servem para nos amadurecer, os obstáculos nos fortificam para enfrentar outras frustrações. E isso todo mundo irá constatar um dia. E que tudo o que condensamos no nosso coração magnetiza para a nossa vida, especialmente coisas ruins que estão em ressonância com esse sentimento.

O que eu posso tirar de aprendizado com isso? Será que não existem outras direções aonde eu posso olhar, sendo que antes eu só estava focado em uma só coisa? O mundo está cheio de oportunidades e cabe a nós descobri-las e até mesmo criá-las!

Eu já constatei em minha vida que alguns não's de Deus me abriram as portas para algo muito melhor lá na frente que eu nunca imaginara. Isso foi algo que eu já provei para mim mesmo: algo que eu acreditava que seria melhor para mim, mas que hoje eu vejo que não seria tão bom quanto antes eu tinha certeza que seria.

Talvez seja "não" por enquanto... 
Talvez você ainda não tenha alcançado o nível de consciência exigido para experienciar na sua vida aquilo que você tanto queria, porque só recebemos aquilo que já sabemos que estamos preparados para apanhar.

Para você que está agora em negação, lembra daquele versículo de Salmo 23? Em que diz: "Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem.". Ele não diz que você não irá atravessar frustrações quando se tem Deus. Todos nós estamos vulneráveis a isso tendo nossa experiência na Terra.

Confia! E não desista! O que é seu, nenhum homem te toma e não aceite o não deles. Mas o sim de Deus é garantido.


Sobre o Autor: 

Leone Brave   
24 anos. Professor. Idealizador do blog Papicher. Leonino.  De tudo que tenho na minha vida; música, aprender e livros são minhas paixões! Mais do que isso, poder compartilhar tudo o que eu tenho aprendido até aqui. Apaixonado pela vida., I make myself .

             


E aos poucos vou me desfazendo, jogando fora; desapegando

by setembro 05, 2018

Novas pessoas vão chegando e tomando espaço, sonhos começam a se realizar, outras ocupações vêm demandar teu tempo; e tudo o que hoje você vê ao olhar para trás parece ter sido efêmero, distante apesar da quantidade de dias: sorrisos, decepções, amizades intensas, momentos de alegria, as lágrimas, as frustrações, alguns sonhos - tudo se condensa em um segundos de lembranças que são visitadas raras vezes. 

O tempo passa, e as prioridades apenas são outras. 
O presente, agora, é prioridade.

Resquícios ainda ficam. Algumas lembranças físicas. Ficam sintomas. E aos poucos vou me desfazendo, jogando fora; desapegando. Outros, eu emolduro, guardo, para lembrar de onde vim e de que eu era/como eu era...

É engraçado como o enredo da vida acontece - você nunca sabe o que vai acontecer. E quando menos espera, você está onde jamais um dia imaginou que estaria, você tem um sorriso do teu lado que você jamais imaginou que veria antes, e começa a ter noção do seu real tamanho dentro desse esquema louco.

Mas e uma coisa eu tenho certeza. Tudo é passageiro. Das coisas boas às ruins. Não vanglorizo tanto as conquistas, tendo-as como garantidas, por exemplo. Mas claro que elas me deixam muito feliz. Apenas não vale a epena se apegar. Tudo tem seu prazo de validade, inclusive as frustrações. Então por que perder a cabeça?

Possessividade pra quê? Materialismo pra quê? Ciúmes por quê? Nenhuma força, independente da intensidade, que eu lance sobre as coisas, sobre as pessoas, sobre as circunstâncias, irá fazer com que elas durem para sempre. Está simplesmente fora da minha mera condição humana. 

Contudo, a fé na vida e em Deus nunca deixou com que eu me abatesse pelas repentinas surpresa que venho constatado da vida.  

Eu honestamente não sei aonde eu queria chegar. Apenas emergiu o que sinto com relação a tudo isso. 

#Gratidão e #Alegria caberiam bem como descrição para o que sinto nesse momento. Amo vocês.

Dito isso, apenas Obrigado :)



Sobre o Autor: 
Leone Brave   
24 anos. Professor. Idealizador do blog Papicher. Leonino.  De tudo que tenho na minha vida; música, aprender e livros são minhas paixões! Mais do que isso, poder compartilhar tudo o que eu tenho aprendido até aqui. Apaixonado pela vida., I make myself .
             



E no fim do dia, quero mesmo é sentir orgulho da pessoa que me tornei.

by agosto 04, 2018

E no fim do dia, o que eu quero mesmo é sentir orgulho da pessoa que me tornei. Eu quero me orgulhar de todo amor que dei, e da maneira corajosa em que sempre arrisquei meu coração, mesmo depois de tudo que ele já passou. Quero me orgulhar por ter me esforçado para demonstrar a todos que amo, que eu realmente me importo. Quero ter a certeza de que fiz minha parte, para deixar esse mundo complexo um pouco menos caótico, pelo menos para alguém, nem que seja apenas por um dia. Quero ter orgulho por ter me curado, por ter errado, aprendido e evoluído.

Quero me orgulhar de ter sentido tudo intensamente, mesmo quando os meu sentimentos me assustaram ou machucaram. Quero me orgulhar de crescer e viver com dignidade. Quero me orgulhar de ter deixado algumas pessoas irem embora, quero me orgulhar de ter me permitido ir embora, até de mim mesma, sempre que achei necessário. No fim do dia, eu só quero poder dizer que vivi minha vida, e mesmo com todos os desafios e dificuldades, eu sobrevivi. Eu quero me orgulhar da vida que batalhei para ter. Na verdade eu prometo me orgulhar de cada lágrima derramada, de cada vitória, e de cada vez que me levantei mesmo depois dos tombos mais feios. E para poder me orgulhar de tudo que vivi, eu prometo nunca desperdiçar um dia sequer, pensando nas derrotas, nas tristezas e nas dores. Eu prometo dar tudo de mim, o melhor de mim, para poder olhar para trás, sempre, com orgulho da minha vida, e de quem eu me tornei.

❤️ #wandyluz #boanoite




Sobre o Autor: 
Wandy Luz   Colunista e Apresentadora. Moro em Londres há 11 anos. Tenho muitos defeitos para ser perfeita, mas sou abençoada demais para ser ingrata. Sitewww.wandyluz.net 

              


Comentários do Facebook: carregando...

O coração não se parte se você for inteiro

by julho 08, 2018


Encha-se de amor para não depender de ninguém para reabastecê-lo em seu coração. Encha-se de amor para dar amor a quem te devolve isso em dobro.

Encha-se de amor para amar quem não merece. Sim! Seja nobre e não leve a vida a pau e pedra, você não precisa disso. Adoce sua alma e não deixe a amargura crescer, não a alimente de mágoas, rancores e afins. Não perca seu tempo planejando vingança, invista seu tempo amando.

Ame sem moderação, mas não condicione sua felicidade única e exclusivamente ao fato de ter ou não o ‘tal grande amor’

Mas como controlar, quando de repente aquela pessoa especial chega do nada e se instala em sua vida?Você vive feliz e tranquilamente até essa “tal” pessoa aparecer.

E a partir do momento em que a encontra, é como se precisasse dela para continuar a viver. Por esse motivo, muitas pessoas levam anos para se curar de um ‘desilusão  amorosa’.

E o que eu, você, ele, ela, enfim, nós, não entendemos, é que somos os únicos responsáveis e donos do nosso destino. Entregue-se às dores e delícias de um amor, uma paixão, um lance, ou seja lá o nome que você queira dar aos seus sentimentos.

Mas não se torne dependente da outra pessoa!
Proteja-se e ame a si mesmo, mas seja também  capaz de viver o momento, de se jogar, de mergulhar de corpo, alma e coração. Mas e se por acaso não der certo ? E se eu me jogar e cair?

Aí você levanta, sacode a poeira, e mesmo com o coraçãozinho ferido, continua sua caminhada, consciente de que a vida tem lá seus altos e baixos.

Momentos felizes e tristes, decepções, tristezas, alegrias e conquistas, tudo isso faz parte do script da vida, onde temos a chance de nos reinventar quando acharmos propício.

Não importa o que aconteça, existe sempre um outro dia, um outro sorriso, uma nova chance de fazer e ser diferente.

O amor é isso, eternidade em segundos, sussurros que arrepiam a alma, abraços que trazem calma. Felicidade que nos devolve a paz.

Seu coração é inteiro, e o que pode se partir são os sentimentos. Sentimentos são expressões do nosso ser, do nosso espírito, são reflexos de tudo aquilo que somos.

Sentimentos podem ser restaurados, e o nosso coração é que promove a cura, nosso coração é o nosso guia e ele só para quando a eternidade nos convida a partir.

Então, não, ninguém parte o seu coração, ninguém é digno disso.




Sobre o Autor: 
Wandy Luz   Colunista e Apresentadora. Moro em Londres há 11 anos. Tenho muitos defeitos para ser perfeita, mas sou abençoada demais para ser ingrata. Sitewww.wandyluz.net 

              



About me

Papicher 2014©. Tecnologia do Blogger.